Triângulo das Bermudas

Não percebo nada de ondas radiofónicas, de telecomunicações e afins, mas o que é certo é que, no meu quarto acontecem fenómenos estranhos (esses que estão a pensar não são estranhos, e fazem parte do que é ser humanóide).


Dentro desta meia dúzia de m2, os telemóveis, independentemente da rede, não apanham sinal. Isto quando tenho acesso à Internet através de uma placa TMN via USB , que usa a tecnologia 3G, e por isso, um cartão de telemóvel... 
Mesmo na rua - e hoje pude constatá-lo - basta passar perto da janela para deixar de ouvir as pessoas com quem estou a tele-conversar .

Há cerca de um mês, no dia em que o André veio cá jantar, algumas horas antes a coluna esquerda frontal do meu computador captou as transmissões rádio dos táxis. Aumentei e baixei o volume, mas o nível de som manteve-se igual. Desliguei o computador, e continuou na mesma. Só parou quando desliguei as colunas da tomada. 
Para que na posterioridade acreditassem em mim, gravei o som com a máquina fotográfica. Quando tiver paciência publico, entretanto o André pode comprová-lo.

Hoje, voltei a ouvir os senhores táxistas enquanto tentava ouvir música:

No sun will shine in my day today
The high yellow moon won't come out to play:
Praça do Quebedo, perto da Estação
I said darkness has covered my light,
And the changed my day into night, yeah.
'Tou aqui perto, fico com esse serviço
Where is the love to be found?
Won't someone tell me?

De um momento para o outro, a Concrete Jungle do Bob tornou-se num tema trip-hop.

publicado por Mário às 19:53 | link | comentar | partilhar