Sábado, 13.03.10

Filhe da terra do pêxe assade

Ora aqui fica uma sugestão de um daqueles blogs regionais que, só os "filhos da terra" compreenderão a verdadeira dimensão épica da coisa: O Charrôque da Prrofundurra.

Charrôque é o nome que damos a um peixe (uma espécie de tamboril pequeno) que depois de ser pescado ronca produzindo um som semelhante ao dos porcos mas, charrôques são também os nativos de Setúbal, que usam uma pronúncia acentuada no R, normalmente cuja actividade é ligada ao mar. Hoje em dia a maioria dos setubalenses não têm esta forma de falar, e as actividades profissionais deixaram de ser na sua exclusividade relacionadas com o mar, até porque Setúbal, teve até ao início da década de 90 um crescimento notório devido às migrações maioritariamente provenientes do Alentejo. Inclusive a gastronomia sofreu alterações e hoje é bastante comum servirem-se migas com peixe assado, açordas com vários tipos de mariscos, etc...

A minha família é um exemplo de como hoje as populações estão "miscigenadas" pois, do meu lado materno, é tudo alentejano e do lado paterno, são todos charrôques. Eu sou um produto desta nova realidade em Setúbal, assim como a maior parte da minha geração e por isso, é uma pena o nosso tão peculiar sotaque estar apenas reservado aos bairros piscatórios. A origem deste dialecto remonta ao século XIX, aquando das invasões napoleónicas. Muitos franceses instalaram-se na cidade e mais tarde foram eles os gestores das indústrias conserveiras de peixe durante a revolução industrial (tal como os ingleses exploraram vinho, no Douro). Depois existem certos sons anasalados - como em: pirum (perú), geinte (gente) ou menza (mesa) - que provém directamente das gentes vindas da região da Ria de Aveiro, pescadores com embarcações próprias que ocuparam o bairro das Fontaínhas. Por fim, as terminações com E em vez de O, são sobretudo herança da migração algarvia que ocupou o lado oposto da cidade (Troino, Viso, Fonte Nova, Palhavã). Portanto ainda hoje é possível notar algumas diferenças entre os dialectos de bairro para bairro mas, com o passar dos anos têm vindo a tornar-se diferenças cada vez mais subtis.

O Charrôque da Prrofundurra é o lar de todas estas misturas, e onde podemos ler, tal como os setubalenses de gema falam. É essencialmente um blog humorístico, mas também uma crítica implícita e descrição do sadino de outros tempos (que ainda povoa aquela área), e sobretudo, um património popular que tem a vantagem de estar registado na Web.

Apá sóce, vesita lá o blog do mane qué pescadorr, e aprrovêta pa comprrarr umas tcherrtes.
publicado por Mário às 17:54 | link | comentar | partilhar
Segunda-feira, 08.03.10

Tema

Nos últimos tempos tenho andado a testar aqui no blog diversos temas sempre em busca de um que me agradasse à primeira vista. Poucas vezes foi conseguido. A não ser aquele parecido ao Deviantart, que pelos vistos, deveria ser a única pessoa a gostar. Contudo descobri este Smooth, muito discreto e por isso não provoca espasmos cerebrais. Gostei. Ficou e agora não o mudo mais.

Update: O Smooth dava erro em certos browsers. Então, fico-me pelo Piano Black que foi o que durou mais tempo por estas bandas. E agora sim, não mudo mais.
publicado por Mário às 12:58 | link | comentar | ver comentários (4) | partilhar
Sexta-feira, 05.03.10

Integração Social

Agora sinto-me realizado. Tenho o Facebook, o Twitter e este blog completamente integrados em corrente. Assim, cada vez que actualizo o blog, aparecerá automaticamente a indicação de novo post no Twitter. Twitter esse que por sua vez envia informação para o Facebook. Confusão não? Mas poupa imenso trabalho a quem quiser manter uma social network, um microblog e um weblog totalmente emparelhados e actualizados. Este próprio post servirá de teste para poder observar como estes serviços se comportam.
publicado por Mário às 17:09 | link | comentar | ver comentários (4) | partilhar
Quarta-feira, 10.02.10

Explicação

Desde que escrevi o post "Acordo", já fui visitado 57 vezes e nem um comentário. Como é óbvio não estava a pedir comentários como se fosse um receptor de medula óssea desesperado por doadores mas sim, a fazer um teste. Tentar saber se um esquema de troca de benefícios ajudava a aumentar a interactividade aqui no espaço. Não ajudou e ainda bem. Quem me lê, por engano ou não, não espera nada em troca e isso chega-me.

PS: A Joana mudou de blog, e escusam clicar no link ali ao lado porque só vai redireccionar para o antigo, já que, o novo é reservado a amigos.
publicado por Mário às 18:16 | link | comentar | ver comentários (4) | partilhar

Acordo

Questiono-me várias vezes sobre o que poderá levar as pessoas a comentarem nos blogs alheios, sendo que eu sou talvez um dos seres mais preguiçosos no que diz respeito a esse assunto. Sigo de forma mais ou menos regular alguns blogs mas raramente meto o bedelho na área dos comentários, isto porque penso muitas vezes que o meu comentário não vai acrescentar nada à ideia inicial do autor. Contudo, fico bastante satisfeito quando comentam os meus posts. Mesmo sabendo que até tenho um número de leitores satisfatório para a temática do meu espaço, é triste quando chego ao fim do dia e reparo que só menos de 1/100 comentou. Isto tudo para dizer que, mes amis, de hoje em diante passarei a comentar os vossos mais regularmente, se neste post tiver pelo menos 10 comentários (sem contar com os meus). Façamos disto uma espécie de feira da ladra, onde em vez de meias da raquete, vendem-se comentários ao desbarato. Vamo lá freguesa!!!
publicado por Mário às 14:22 | link | comentar | ver comentários (4) | partilhar
Segunda-feira, 18.01.10

As frases do dia #3 por António Fernando

Não vão ser os casamentos (gay) que vão levar Portugal para a frente porque para mim isso é uma doença psicopata.
Por isso mesmo eu sou contra os casamentos (gay) porque essa doença é tratada por psicologos e orientadores da nossa vida sexual.
Se o Governo portugues se preocupa-se mais com a educação portugal não teria chegado a este conflito do é e não é do ser e não ser.

Doença psicopata, tratada por psicólogos e orientadores da vida sexual... Então se calhar o melhor era mandar essa gente toda para sanatórios. Faço ideia aquele recreio. Tudo a brincar às passagens de modelos com Elton John no mp3...
Este senhor ao qual recuso fazer publicidade com um link para o seu blog, consegue fazer despertar os meus instintos mais Lecterianos. Tipo abrir-lhe a cabeça com uma chave de fenda, e despejar ácido muriático pelo furinho.
publicado por Mário às 21:53 | link | comentar | ver comentários (8) | partilhar
Domingo, 17.01.10

As frases do dia #2

Por isso ser (gay) não é normal é tentar ser mais esperto que o cidadão normal.
Se os casamentos (gay) forem aprovados na minha opinião a pornografia vai ser livre e vai destruir os bens morais que os pais ensinaram aos seus filhos.
Ainda por cima querem fazer adopção de crianças é caso para se dizer vai começar uma nova forma de pedofilia.

Este homem é um viveiro de pérolas. Uma ostra gigante.
publicado por Mário às 13:21 | link | comentar | partilhar
Quinta-feira, 14.01.10

As frases do dia

Tive várias pessoas que pensavam que eu era o Mario, mas eu nada tenho a ver com isso. (...) Se tenho um motor de busca foi porque o meu nome e data cuincidem com o meta. Por isso consegui por mérito próprio um sobre nome e isso agradeço e muito há rede de pesquisas da google. (...) Todos os meses paga para ter a internet se quero ter o meu site activo por isso eu disse que o blogue da jo é mafioso porque o é.

Conseguem perceber alguma coisa? Pois, eu também tenho dificuldade. Mas passo a explicar o pouco que percebo:
Havia um leitor do blog da Joana, que comentava todos os seus posts (com pouca coerência é certo) excepto aqueles em que ela falava de mim ou de alguma coisa relacionada connosco. Começámos a reparar num padrão. Depois houve um dia em que lhe respondi com uma piada qualquer em tom irónico, pensando que, o humor iria ser captado do outro lado. Enganei-me.
A partir daí essa pessoa deixou de comentar e agora criou um mundo paranóico só dele, onde eu sou o seu arqui-inimigo número um e onde a Joana é a sua princesa encantada que foi puxada para o lado do mal (eu, pois claro). Dito isto, sou o Príncipe das Trevas e até curto. Pensava que já não haviam muitos malucos com o vício dos blogs, pero que los hay, los hay!
publicado por Mário às 15:11 | link | comentar | ver comentários (4) | partilhar
Terça-feira, 13.01.09

O Segredo do Johny

Hoje, o Johny deve ter cerca de 50 anos, uma filha formada, um filho atlético, um golden retriever que se passeia pelo quintal protegido com cerca branca, uma esposa maravilhosa que cozinha tartes de maçã como ninguém e um automóvel para toda a família. Contudo, o Johny tem um segredo... Entre 1967 e 1972, acompanhou as tendências da moda no que se refere a óculos, trocando todos os anos pelo modelo que estava na berra. Fez mal:

 

 

via Sexy People

publicado por Mário às 18:23 | link | comentar | ver comentários (2) | partilhar
Segunda-feira, 22.12.08

Manifesto Anti-Daniel Marques

Basta pum basta!!!

Uma geração que consente deixar-se representar por um Daniel Marques é uma geração que nunca o foi. É um coio d'indigentes, d'indignos e de cegos! É uma resma de charlatães e de vendidos, e só pode parir abaixo de zero!

Abaixo a geração!

Morra o Daniel Marques, morra! Pim!

Uma geração com um Daniel Marques a cavalo é um burro impotente!

Uma geração com um Daniel Marques ao leme é uma canoa em seco!

O Daniel Marques é um cigano!

O Daniel Marques é meio cigano!

O Daniel Marques saberá gramática, saberá sintaxe, saberá medicina, saberá fazer ceias pra cardeais, saberá tudo menos escrever que é a única coisa que ele faz!

O Daniel Marques pesca tanto de poesia que até faz sonetos com ligas de duquesas!

O Daniel Marques é um habilidoso!

O Daniel Marques veste-se mal!

O Daniel Marques usa ceroulas de malha!

O Daniel Marques especula e inocula os concubinos!

O Daniel Marques é Daniel Marques!

O Marques é Daniel!

Morra o Daniel Marques, morra! Pim!

 

Adaptado do orginal de Almada Negreiros "Manifesto Anti-Dantas".

publicado por Mário às 10:41 | link | comentar | ver comentários (18) | partilhar

FacebookFlickrLast.fmVimeo

Recentes

 

Arquivo

2011:

 J F M A M J J A S O N D

2010:

 J F M A M J J A S O N D

2009:

 J F M A M J J A S O N D

2008:

 J F M A M J J A S O N D

2007:

 J F M A M J J A S O N D

Links

RSS