Terça-feira, 27.05.08

Os meus colegas internacionais

De manhã, não havia trabalho p'ra mim e o chefe mandou-me para o "desemprego" (que é um antigo refeitório agora transformado em mega-salão de convívio para onde somos enviados quando não há nada para fazer). Devo confessar que, é muito raro não haver trabalho para nós - mecânicos de bordo - e, por isso, encarei a coisa de bom grado.

 

Quando lá cheguei, estava um colega na mesma situação que eu (o Ruslan) que me desafiou para uma partida de xadrez. Enquanto jogávamos, fomos conversando...

Ruslan é russo, da Sibéria. Nasceu em Omsk, a sétima cidade mais populacional da Federação Russa (1 milhão e 300 mil pessoas), que fica a escassos quilómetros da fronteira com o Casaquistão e a 2700 kms de Moscovo.

Confessou-me que gosta do Putin e que este vale por 3 Yeltsins. Que fugiu à guerra da Tchechénia e que veio para Lisboa numa viagem que demorou 2 semanas, entre comboios, autocarros e boleias. (É nestas alturas que reparo o quão desinteressante é a minha vida).

 

Eram nove e meia quando o chefe foi ao "desemprego" dar a triste notícia de que nos tinha arranjado trabalho: montar as brecas do molinete de um petroleiro na doca 31. Traduzindo: trabalho de merda.

Nesse navio, eu e o Ruslan arranjámos um apêndice. Um "crew member" que se dizia responsável pelo convés e que, por isso, teria de observar o nosso desempenho. E quando digo observar, entenda-se: "desatar aos berros quando as coisas não eram feitas da forma que ele costuma fazer". Ainda o mandei para o órgão reprodutor masculino umas vezes, antes dele dizer "vai tu" com um sorriso sacana: era indiano, de Goa! Percebia pouco português mas o vernáculo sabia-o todo, o cabrão.

Depois de alguma converseta, disse-me que o passaporte goense/português dava-lhe jeito porque podia permanecer mais tempo em certos países europeus e que, pensava mudar-se para Portugal daqui a uns anos. Perguntou-me então qual o salário médio de um metalúrgico. Respondi-lhe e ele riu-se:

- C'mon... Are you joking?

- Não pá, o salário médio anda à volta dos 700/800 euros mensais, a menos que trabalhes para um empreiteiro. Aí ganhas mais, mas não é fixo.

Senti-me uma espécie de Sá Fernandes (a lixar a imagem de Portugal) misturado com um José Pinto Coelho (não venhas para cá!). Mas só disse a verdade e essa, é a sincera publicidade.

 

No fim da jorna, ofereceu-nos (a mim e ao Ruslan) uma coca-cola gelada e desafiou-me (toda a gente me desafia) para um joguito de ping-pong num compartimento do navio que nem sabia que existia.

Perdi mas ripostei de peito inchado: "Havemos de jogar xadrez. Aqui o siberiano levou um tareão..."

 

Em 8 horas, a viagem que fiz:

 

 

Qual Marco Pólo, qual Magalhães...

 

publicado por Mário às 21:05 | link | comentar | partilhar
Domingo, 25.05.08

Project 365

Se ainda não conhecem, o projecto foi criado (involuntariamente) por Taylor McKnight quando este, começou por tirar uma fotografia diária, de 1 de Janeiro de 2004 a 1 de Janeiro de 2005.

O que Taylor McKnight não sabia, ou pelo menos não esperava, é que havia uma imensa comunidade online sedenta por uma ideia deste calibre. No Flickr, como exemplo, os aderentes ao grupo Project 365 são cerca de 4250 mas, este número não pode ser tomado como globalmente preciso já que, não nos podemos esquecer dos utilizadores do fotolog, do photoblog e de outros serviços de alojamento de fotografia dispersos na web.

A partir de amanhã, utilizarei o blog iJesus como espaço exclusivamente dedicado ao P365. Passem por lá e, se tencionarem fazer algo semelhante, deixem os links para eu espreitar! Entretanto, posso acrescentar que a Isa já se iniciou nestas andanças há algum tempo, a Leonor começou na passada quinta-feira e, a Cátia - segundo o meu dedo que adivinha - começará amanhã, tal como eu.

 

publicado por Mário às 20:27 | link | comentar | partilhar
Sexta-feira, 23.05.08

Descubra as diferenças: Abu vs Mário

Quantos de vós se poderão gabar de partilharem características físicas com famosos terroristas islâmicos? É que eu posso. E não me venham com a história da barba que é meio caminho andado porque, as senhoras do interior também a têm e ninguém as confunde com adeptos da Jihad...

 

 

Abu Hamza, um líder islâmico sunita, residente na Grã-Bretanha (actualmente na choça). É zarolho e usa um gancho porque perdeu a mão.

 

 

Mário Lopes, um líder ateu heterossexual, residente em Portugal (actualmente em casa). É zarolho (obrigado Photoshop) e usa um utensílio de cozinha porque não tem gancho e/ou porque tem mão.

 

Quero agradecer ao David (que aqui, e por questões de anonimato, chamar-se-á David na mesma) por tão perspicaz reparo. As parecenças são avassaladoras.

 

Nota: Sim, as fotos são mesmo de duas pessoas diferentes...

 

publicado por Mário às 20:26 | link | comentar | ver comentários (3) | partilhar
Domingo, 11.05.08

Arte urbana

 

 

 

No dia 16 de Fevereiro (sábado), ia o Mário - alegremente mal disposto - de manhã cedo pela rua em direcção à estação dos autocarros quando, olha para A Esquina e vê que o toldo tinha sido sabotado por um artista do ca... neco.

 

publicado por Mário às 20:21 | link | comentar | partilhar
Sábado, 10.05.08

Links

Ana (Amesterdão, Holanda)

Beta

Cátia

Clara (Bruxelas, Bélgica)

Diana

Emanuel

Hugo (Milão, Itália)

Isa

Joana (Mechelen, Bélgica)

Leonor

Rita

Tuga (Londres, Inglaterra)

publicado por Mário às 00:36 | link | comentar | ver comentários (1) | partilhar
Quinta-feira, 08.05.08

Apresento-vos o Bebé


 

Um colega de trabalho com atitude. 

publicado por Mário às 20:18 | link | comentar | partilhar
Sexta-feira, 02.05.08

Prego no pão

 A origem da expressão perde-se nos meandros da evolução linguística.

Uns dizem que o "prego" é de carne bovina ao contrário da bifana que é do senhor porco, outros dizem que nada tem a ver e que, um prego no pão pode ser de carne suína ou de vaca. Eu não faço ideia. Aliás, nem é aí que reside a questão...

Um amigo, há poucas horas enquanto conversávamos num bar, confidenciou-me que a mãe comprou um pão - no café do Pestana1 - com um prego lá dentro. O pior é que o prego não era de vaca nem de porco mas, de metal ferrugento. Vinha espetado na côdea e, nem o belo do Pestana, nem a mãe do meu amigo repararam no objecto alienigena. Ao cortar uma fatia de pão, o pai do Fábio estranhou a resistência oferecida à faca: era o paneleiro do prego...

Para que a coisa não fosse esquecida, Fábio Descalço2 tirou duas fotografias demonstrativas de tal barbaridade que, passo a mostrar:





Isto faz-me lembrar o caso do dedo dentro do frasco de feijão, só que um prego é bem pior. A menos que o dedo tivesse a unhaca grande. Aí as dificuldades do processo digestivo seriam semelhantes.

Agora, cada vez que comprar pão, peço natura. Nunca se sabe...

1 Não sei quem é o Pestana mas pelo nome deve ser um senhor (míope) de meia-idade.
2 Sim, Descalço é mesmo o último nome deste meu amigo. Todas as piadas que possam inventar para troçar do seu apelido são desnecessárias. Ele sabe lidar com isso há 20 e tal anos.

publicado por Mário às 20:16 | link | comentar | partilhar

Macbook

 


Já cá canta.

publicado por Mário às 20:15 | link | comentar | partilhar
Quinta-feira, 01.05.08

Amanhã, portátil novo!

Em Outubro do ano passado, sem nunca ter tido problemas bancários, com os meus impostos em dia e com um emprego fixo, recusaram-me crédito em 3 lojas diferentes. Fiquei revoltado e, um Mário revoltado é pior que um cavalo picado.

Amanhã (logo) vou a uma dessas lojas, tentar novamente o crédito. Não vai ser aceite. Será então nessa altura que digo: "Ah não é aceite? Então pago a pronto." Só pelo gozo, só por isso.
Nos tempos que correm é difícil ser-se jovem e independente. Ou andas a tira-colo do paizinho ou fecundas-te (não queria escrever "fodes-te").

Já agora, um palpite acerca da máquina que vou comprar? Três pistas:
Começa por M.
Acaba em C.
Tem um A pelo meio.

publicado por Mário às 20:14 | link | comentar | partilhar

FacebookFlickrLast.fmVimeo

Recentes

 

Arquivo

2011:

 J F M A M J J A S O N D

2010:

 J F M A M J J A S O N D

2009:

 J F M A M J J A S O N D

2008:

 J F M A M J J A S O N D

2007:

 J F M A M J J A S O N D

Links

RSS